Get Adobe Flash player

COM A ROUPA CERTA

Já perceberam que é só receber um convite de casamento que as preocupações começam a aparecer? No bom sentido, claro! Mas as tarefas de escolher vestido, presente, bolsa, sapato, acessórios, marcar cabelo, maquiagem, ufa! Não é nada fácil, mas pode ser muito prazeroso e divertido quando se tem conhecimento e criatividade. Para auxiliar nas escolhas e diminuir suas dúvidas, elaborei uma listinha com as principais perguntas que recebo todos os dias em relação ao traje para casamentos.

Para começar, devemos saber que o traje correto para casamentos à noite de uma maneira geral é o social ou passeio completo, sem a necessidade de que venha especificado no convite. Existem exceções e aí sim, é de bom tom que o convite traga as devidas informações.

A seguir, confira as dicas:

Ao contrário do que muita gente pensa, é possível ficar quentinha e elegante ao mesmo tempo para um casamento de inverno. O segredo é escolher o vestido de sua preferência e optar por uma cobertura chique. Se você tiver de usar longo e a festa for formal, invista em uma echarpe ou uma pashmina caída sobre os ombros. Ela pode ser da mesma cor do vestido ou, se quiser dar um toque mais moderno, escolha um tom contrastante ou até mesmo uma estampa discreta. Caso o evento permita o uso de vestidos até o joelho ou longuetes, vale usar um belo casaco 7/8 de lã ou um trench coat. Conselho importante: o casaco deve ter o mesmo comprimento do vestido ou ser um pouco mais longo.

Muito cuidado com as peles! É preciso saber usá-las com charme e elegância. Em primeiro lugar, a temperatura tem que estar muito baixa para justificar que elas saiam do “baú”!É preciso que elas estejam em perfeito estado de conservação e que combinem com seu com seu estilo e a deixe à vontade. Muitas vezes elas se “estranham” com quem as usa criando assim um aspecto artificial e antiquado.

Meia-calça está super em alta neste inverno. Portanto, você pode e deve usá-las com um vestido nos joelhos. Mas as finas já são coisa do passado. Procure um par fio 40 ou mais grosso, opaco e escuro. Mas não precisa ser preto! Cores como vermelho, marrom, verde-musgo e roxo estão com tudo.

No caso de você optar em usar um casaquinho tipo bolero ou “caracô”, lembre-se que ele deve harmonizar com o vestido, ser de tecido nobre e de preferência curto e ajustado. O máximo de chique!

Para um casamento à noite, mas com recepção mais descontraída, acertar em cheio é criar um look ao mesmo tempo discreto (já que você vai à igreja) e casual (já que a recepção é informal). Uma opção certeira é entrar no pretinho básico até os joelhos, com decote em U ou tomara-que-caia, e completar com uma echarpe colorida nos ombros ou pescoço. Se estiver frio, lance mão de meias-calças fio 40 também pretas. Outra idéia ousada na medida é combinar uma saia-lápis preta de cintura alta (superfashion!) com uma camisa esvoaçante e transparente branca, bege ou até mesmo vermelha. Nos pés, sandálias altíssimas pele, douradas ou pretas

Quando a questão é ser madrinha de um casamento cuja recepção será em um sítio é importante estar com um look discreto o suficiente para ir à igreja. Nada de decotes muito profundos, tecidos muito adesivos nem microcomprimentos. Fora isso, fique à vontade. Mas, como a recepção é em um sítio, você precisa dar atenção aos sapatos. Afinal, salto agulha na grama não dá! Prefira plataformas ou saltos bem grossos (estilo retrô) e quadrados (que estão com tudo neste inverno). Eles são igualmente chiques e vão dar boa sustentação mesmo em pisos irregulares

Parece que agora virou uma espécie de “febre” comparecer em casamentos e até ser madrinha com vestidos claros! Por favor, para quem ainda não sabe o branco, o “chá”, o perolado ou off White são exclusividades da noiva em casamentos! Só porque essas cores estão em alta não é para serem usadas nessas ocasiões! Deixe para outro evento, ok? Se quiser um tom pastel, opte pelo verde, azul ou lilás mais claros.

Para um casamento à luz do dia, o ideal é que o vestido seja de cores suaves, sem muito brilho, e de comprimento logo abaixo dos joelhos ou mais curto. O tecido também é importante: escolha os opacos e fluidos. Veludo, brocados e adamascados são exclusividade da noite. Já os acessórios podem brilhar à vontade. Se você gosta de chamar a atenção, deixe os bordados, as pedrarias e os metalizados para a bolsa e o sapato.

Outra dúvida freqüente é em relação ao comprimento do vestido. Se você não for nem a noiva nem a madrinha, pode ir de longuete tranqüilamente. E, desde que o convite não peça traje habillé ou rigor você pode até ir com vestidos mais curtos (o comprimento-limite é um palmo acima dos joelhos). Se bem que atualmente até nas recepções que exigem traje rigor são permitidos vestidos curtos. Aí sim é hora de abusar de brilhos, bordados, acessórios e jóias poderosíssimas.

 

Pesquisa

Dicas Rápidas

Para facilitar a tarefa de passar a linha no buraco da agulha, experimente esse truque: borrife spray de cabelo na pontinha da linha. Ela ficará “durinha” e atravessará o orifício sem maiores dificuldades.

Visitantes

Nós temos 63 visitantes online

Enquete

O que você acha do atraso da noiva no próprio casamento ?