Get Adobe Flash player

Conselho da Mulher Empresária entrega donativos a entidades

O Conselho da Mulher Empresária (CME) entregou os sabonetes e pastas de dentes arrecadados na 2ª Caminhada do Batom. Foram beneficiadas as entidades: Sinharinha Neto, Vicentinos, Recanto Nosso Lar, Casa de Recuperação Recomeçar, AVCC (Associação de Voluntários no Combate ao Câncer), Hospital Psiquiátrico Mahatma Gandhi, Casa de Recuperação Lírio dos Vales, Associação Amor e Caridade, Centro Espírita Joana de Angelis, além de 88 crianças atendidas por voluntários do Jardim Imperial.

A entrega dos donativos aconteceu neste dia 11 de julho, às 15 horas, na sede do Sincomercio. O CME, órgão ligado ao Sindicato, tem como um dos seus objetivos promover a integração e o desenvolvimento profissional das mulheres empresárias, através de eventos como a Caminhada, agregando a cada evento uma função social.

Durante a cerimônia de entrega, o presidente do Sincomercio, Ivo Pinfildi Júnior, enalteceu este aspecto solidário do Conselho da Mulher, enquanto a presidente do CME, Lourdinha Dalto, agradeceu o envolvimento de todas as mulheres empresárias, bem como dos participantes na 2ª edição da Caminhada, considerada um sucesso.

Hukio Nagata, presidente do Conselho Central dos Vicentinos, que representou uma das entidades beneficiadas, agradeceu a colaboração, transmitindo a todos um resumo do trabalho desenvolvido pelos Vicentinos, entidade que atualmente atende em Catanduva cerca de 450 famílias. “Muita gente dá alimento, mas raramente recebemos como donativos materiais de limpeza ou de higiene pessoal. Por isso, essa iniciativa do CME é muito bem-vinda”, disse.

Os Vicentinos prestam esse trabalho assistencial em Catanduva há 50 anos. Diferente do que muitos pensam, seu foco não está meramente em distribuir alimento, mas em desenvolver a dignidade humana, trabalhando entre as famílias carentes a reestruturação familiar e o planejamento do orçamento doméstico, que muitas vezes são a causa da fome no lar.

MISÉRIA EM QUALQUER CANTO?
O trabalho monitorado há tanto tempo por voluntários como Nagata faz com que eles definam mais nitidamente o mapa da miséria em Catanduva. Após cinco décadas de trabalho voluntário, muita coisa mudou na cidade. Algumas regiões se desenvolveram, especialmente a região central. A concentração de miseráveis, na avaliação de Nagata e no entendimento dos que percorrem a cidade como um todo, está na periferia, em bairros como Jardim Alpino e Jardim Imperial. “São os excluídos que ninguém vê. A miséria aumentou, ao longo dos anos”, afirma Hukio.

A cidade que há pouco tempo comemorou o desfavelamento parece ainda ter muito por fazer, o que na visão das mulheres empresárias torna o voluntariado uma importante ferramenta no combate à miséria e na promoção da dignidade humana.

Mais Artigos...

 

Pesquisa

Dicas Rápidas

Para uma noite de sono reconfortante é necessário observar a escolha certa do travesseiro de acordo com a posição que você dorme. Por exemplo, para quem dorme de bruços, o ideal é um travesseiro de suporte médio, mais baixo e macio.

Visitantes

Nós temos 73 visitantes online

Enquete

O que você acha do atraso da noiva no próprio casamento ?